facebook-domain-verification=n3pt35d24yjaklac7i23yndjjlxvcc
 

Autocuidado: como não se perder na rotina e ter um momento só seu


Fotografia: Bruce Mars


Se confir no dicionário, encontrará uma definição de autocuidado parecida com essa:


Autocuidado: “Conjunto de ações ou procedimentos de cada indivíduo destinado à manutenção da vida, da saúde e do bem-estar.”

Ou seja, significa, basicamente, cuidar de si mesma.


Parece algo simples, não é mesmo? No entanto, faça um exercício rápido: pare e pense quantas vezes no seu dia a dia você deixa de lado momentos em que a prioridade seria cuidar de si mesma.


Aposto que muitas situações virão até a sua mente.


Sabe quando você fica mais umas horinhas no trabalho e deixa de praticar yoga ou alguma ativida pessoal?


Quando come qualquer porcaria rápido no almoço porque precisa preparar o material da reunião?


Ou então quando deixa de ter momentos de lazer com amigos e família por falta de tempo?


O autocuidado está ligado a essas e tantas outras esferas, mas basicamente tem a ver com tudo àquilo que, de alguma forma, proporciona qualidade de vida e faz você se sentir bem consigo mesma.



AUTOCUIDADO: QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS?



Ter autocuidado significa cultivar o amor próprio e ser generosa com si mesma. Esse tipo de comportamento pode ser muito benéfico para a sua vida como um todo.


Para começarmos a mergulhar um pouquinho neste assunto, vamos conferir alguns desses benefícios.



1) Aumenta a autoestima



A autoestima é um tema muito em alta. Há muitas discussões recentes sobre a importância de se amar e acreditar em si mesma independentemente dos padrões e cobranças.


Influenciadoras contemporâneas, como a Jout Jout, levantam o assunto sem medo e fazem as mulheres refletirem sobre como, apesar de extremamente importante, ainda é um processo difícil se sentir "empoderada" em uma sociedade que, por muitas décadas, pregou que as mulheres eram submissas e inferiores.


Ela explica mais sobre autoestima no vídeo abaixo:



“Estamos a vida toda nos preocupando com o que os outros acham da gente. De repente, todo mundo tem que ser super empoderada e se achar incrível. (...) Esse processo para cada mulher é diferente e leva tempos diferentes.” - Jout Jout

E como o autocuidado entra aqui?


Bom, em momentos em que você cuida de si e tem um olhar mais atento às suas necessidades, consequentemente você atribui valor a si mesma e se ama mais.


Portanto, o autocuidado reflete diretamente na sua autoestima.



2) Aumenta a autoconfiança



Outro ponto que pode ser desenvolvido com o autocuidado é a autoconfiança, pois a partir do momento em que você cuida mais de si mesma, passa a se conhecer melhor e se sentir mais confiante em suas escolhas e em relação a quem você é.


Você passa a se preocupar muito menos com a opinião dos outros, não duvida da sua capacidade e do seu potencial para ir atrás dos seus sonhos, planos e objetivos. Percebe que é capaz, merecedora e que é tudo questão de tempo e foco - você vai conquistar o que deseja!



3) Melhora a qualidade de vida



Como falado anteriormente, o autocuidado está atrelado à sua saúde e ao bem-estar. E quando estamos bem emocional e fisicamente, a nossa qualidade de vida é muito maior.


Seja tirando um tempinho para fazer coisas que gosta ou criando hábitos mais saudáveis e conscientes, há uma relação direta entre o quanto cuidar de si mesma afeta a sua qualidade de vida positivamente.



COMO DESACELERAR E TER UM OLHAR CUIDADOSO COM SI MESMA



O que faz sentido para você? Às vezes, temos dificuldade até de responder perguntas simples como essa.


A rotina de autocuidado exigirá que você enxergue, em meio ao mar de compromissos da rotina, o que realmente faz sentido e te proporciona momentos agradáveis e bons.


É claro que não existem regras a serem seguidas.


Cada uma de nós deve entender as suas particularidades e como encontrar as suas horas de autocuidado.


De qualquer forma, há algumas dicas básicas que podem ajudar nesse processo!


Separei aqui algumas para colocar em prática:



Faça uma lista contemplando tudo aquilo que lhe faz bem



Antes de passar uma receitinha padrão de ações que podem fazer parte do seu processo de autocuidado, tente exercitar isso sozinha.


Abra um documento em branco no celular ou pegue um caderninho e escreva uma lista contendo tudo o que lhe faz bem.


Podem ser coisas simples, como ler um livro, fazer uma pausa diariamente ou mais complexas, como viajar e se afastar de pessoas que não trazem boas energias.



Reorganize a sua rotina



Após esse primeiro exercício, analise a sua rotina de obrigações e entenda como introduzir as “coisas que lhe fazem bem” no seu dia a dia.


Em alguns momentos, pode parecer impossível preencher ainda mais a sua semana, né?


O segredo é reorganizar as prioridades e ver como pode alocar seus compromissos de uma maneira mais otimizada.


A minha dica pessoal - que eu implemento já - é definir um compromisso prioritário por dia ou dois por dia, no máximo, sendo um compromisso prioritário pela manhã e outro à tarde.

Além disso, em alguns momentos pode ser que você precise abrir mão de determinadas coisas ou adaptar um pouco a sua rotina.


É impossível fazer tudo em apenas 24 horas! Priorizar as escolhas faz parte do autocuidado que falo aqui e pode ter certeza de que vale a pena.


Eu mesma já coloco em prática esse meu método, o que me sobrecarregou menos, me trouxe a real sensação de que eu cumpro as minhas atividades e que elas saem do papel. Isso tudo deixa a minha rotina mais leve e prazeirosa.



Dicas para inspirar seus momentos de autocuidado



Se mesmo após o exercício sugerido você continuar com dificuldade em criar a sua rotina de cuidado e desacelerar, separei aqui outras dicas.


Mais uma vez reforço que é importante se lembrar de que não existem fórmulas prontas – sinta-se livre para adaptar os meus conselhos, a partir do que considerar mais adequado para a sua vida.



  • Pratique exercícios físicos regularmente:



Não entenda isso como pegar pesado na musculação, por exemplo. O primeiro passo é descobrir qual tipo de exercício você gosta.


Sinta-se livre para explorar yoga, pilates, corrida, entre outras formas de se exercitar. O importante é ter um momento seu focado na saúde física.



  • Cuide da sua saúde mental: